(21) 2184-6716 / 99049-0436
O poder dos relacionamentos nas nossas vidas

O poder dos relacionamentos nas nossas vidas

Você pode não conhecer Jim Rohn, mas, com certeza, já deve ter ouvido uma das mais famosas frases desse empreendedor e palestrante motivacional: “você é a média das cinco pessoas com quem mais convive”. Tal citação nos lembra de algo que nossas mães já diziam: “diga-me com quem andas e te direi quem és”. Essas frases
resumem o poder dos relacionamentos nas nossas vidas.

Ainda falando sobre mães, são elas e nossos pais os primeiros a nos orientarem sobre a importância das boas companhias. Desde cedo, fomos incentivados a escolher bem nossos “coleguinhas”, não confiar em qualquer um, muito menos os estranhos na rua, não fazer tudo que os outros fazem, afastar-se dos colegas que faziam bagunça,
entre outros cuidados – muitas vezes, superprotecionistas – que demonstravam a preocupação dos pais em estarmos rodeados das melhores pessoas e não sermos influenciados pelas más pessoas.

Ao crescermos e nos tornarmos independentes, essas precauções dos de casa tornam-se cada vez mais enfadonhas e vamos reivindicando para nós o direito de escolhermos as próprias companhias. Por um instinto de rebeldia ou de, simplesmente, contrariarmos os pais, muitas vezes, passamos a escolher justamente as amizades menos recomendadas por eles.

Na vida adulta, no entanto, precisamos voltar aos conselhos da infância e prestar bastante atenção à qualidade de nossas companhias. Dessa vez, não serão os pais a escolher as amizades. Nós mesmos o faremos, mas com cautela, pois, como afirmado por Jim Rohn: “somos a média das cinco pessoas com quem mais convivemos”.

Portanto, inevitavelmente, você é influenciado pelas pessoas que o cercam, seja no trabalho, na vizinhança, nas situações sociais em geral ou em casa.
Naturalmente, você quer ser uma mulher poderosa, confiante, agradável e independente. Essas são apenas algumas das qualidades que buscamos, ao longo da vida.

Logo, seguindo a lógica de que você busca ser alguém assim, as pessoas com quem você convive também deveriam ser assim, certo? Se você quer ser uma mulher mais organizada, deve estar perto de outras mulheres organizadas, não é mesmo? Assim como se você é uma pessoa de hábitos alimentares compulsivos, estar sempre com pessoas com os mesmos hábitos não te ajudará a se livrar da compulsividade.

Quem são suas amigas? Quem são seus amigos? Com quem você conversa nas horas de lazer? Quem são as pessoas que te acompanham na caminhada? Reflita sobre isso e você poderá encontrar muitas respostas sobre quem é você hoje.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
WhatsApp chat WhatsApp

https://youtube.com/watch?v=jWG1W2eKT7I%3Fmodestbranding%3D1%26autoplay%3D0%26controls%3D0%26showinfo%3D0%26rel%3D0%26enablejsapi%3D1%26version%3D3%26playerapiid%3Diframe_onetone-youtube-video%26origin%3Dhttp%253A%252F%252Froamonet.com.br%26allowfullscreen%3Dtrue%26wmode%3Dtransparent%26iv_load_policy%3D3%26html5%3D1%26widgetid%3D1